A integridade e o caráter (Part. 1)


  Integridade é uma palavra com fortes conotações, Nela estão implícitas idéias como honestidade, fidelidade, dignidade, disponibilidade, e confiabilidade. Mas qual é exatamente, o significado de integridade? Integridade vem do latim integritate, significa a qualidade de alguém ou algo ser íntegro, de conduta reta, pessoa de honra, ética, educada, imparcial, brioso. Um ser humano íntegro não se vende por situações momentâneas, infligindo as normas e leis, prejudicando alguém por um motivo fútil e incoerente. A moral de uma pessoa não tem preço e é indiscutível. Em (Salmos 86:11), Davi falara a Deus: ”Ensina-me, Senhor, o teu caminho, e andarei na tua verdade; dispõe-me o coração para só temer o teu nome” Existem inúmeros fatores que podem nos deixar completamente insensíveis ao toque de Deus, da nossa consciência. Se nossa alma se torna insensível a Deus, o nosso coração fica fragmentado, passível de amargura e de rancor, ou, ainda pior, torna-se um coração “cego e surdo” a vontade de Deus. 

  (II Timóteo 2:19-26 19). "Todavia o fundamento de Deus fica firme, tendo este selo: O Senhor conhece os que são seus, e qualquer que profere o nome de Cristo aparte-se da iniqüidade. Ora, numa grande casa não somente há vasos de ouro e de prata, mas também de pau e de barro; uns para honra, outros, porém, para desonra. De sorte que, se alguém se purificar destas coisas, será vaso para honra, santificado e idôneo para uso do Senhor, e preparado para toda a boa obra"

(I Coríntios 9:24-27 24). "Não sabeis vós que os que correm no estádio, todos, na verdade, correm, mas um só leva o prêmio? Correi de tal maneira que o alcanceis.Todo atleta em tudo se domina; aqueles, para alcançar uma coroa corruptível; nós, porém a incorruptível. Assim corro também eu, não sem meta; assim luto, não como desferindo golpes no ar, Mas esmurro o meu corpo e o reduzo à escravidão, para que, tendo pregado a outros, não venha eu mesmo a ser desqualificado"

  Quando se fala de integridade é muito importante que ao empreendermos a corrida da fé a vivamos de modo a não sermos desqualificados. Se perdermos a integridade do nosso coração, podemos ser desqualificados e não seremos os corredores fiéis com os quais Deus escolheu usar. Se nos desviarmos dos propósitos de Deus para nós, devido ao pecado ou a desobediência, Ele não nos rejeita, mas passamos para a categoria de desqualificados. Seremos estéreis em vez de produzir frutos e nosso testemunho afastará aqueles que precisam entrar no Reino de Deus. Essa vida de integridade precisa ser aplicada aos negócios, aos nossos relacionamentos com outros, a nossa família, as nossas decisões, aos nossos problemas, as nossas oportunidades, aos momentos de alegria e de dor, enfim, a tudo que nos diz respeito. Precisamos ser íntegros e estar vigilantes com as transgressões aparentemente pequenas com que violamos nossa integridade pessoal. Alguns exemplos: Uma “mentirinha” Um flerte passageiro. Uma pequena concessão ao pecado. Um artigo de escritório ou loja que pegamos e não pagamos. Uma prestação de contas que adulteramos. Uma “verba” em troca de um favor. Compartilhando: Compartilhe outras situações que foram vivenciadas por você e como você agiu? Continuação... AQUI

Autor: Desconhecido

0 comentários