O que é Moral?


  A moral tem como princípios o conceito do bem, que pode ser entendido como tudo aquilo que promove e desenvolve o ser humano. O ser humano é aquele que tem moral porque tem o poder de refletir sobre aquilo que está bem feito e o que está errado, de acordo com o critério de equidade. A moral mostra que o trabalho virtuoso é aquele que aperfeiçoa o ser humano através da realização do bem. A realização do bem se torna hábito quando uma pessoa interioriza uma verdadeira atitude. Fazer o bem eleva o ser humano acima de tudo. Enquanto existem outros aspectos relacionados a um fim, a realização do bem é um objetivo por si só, ou seja, é uma atitude que causa satisfação interior, bem-estar e felicidade.

  A moral se refere ao plano da consciência, ou seja, é a maior área de intimidade de um ser humano, porque apenas o próprio homem pode conhecer com profundidade seus atos e os motivos pelos quais tem agido de certa maneira. A moral está intimamente ligada com a formação, pois é importante educar as pessoas para poder inculcar valores. O processo formativo da criança começa em primeiro lugar em casa e em segundo lugar na escola. Há muitas maneiras de se comportar diante de um determinado fato de acordo com a liberdade individual. A moral ajuda a perceber quais ações são boas e quais não são. A moral tem influencia até mesmo na educação dos filhos e mostra o castigo como um método pedagógico que tem um papel corretivo com o objetivo de ensinar as crianças a diferenciar entre o que é correto e o que não é.

  Existem ações que são boas moralmente e que trazem felicidade a nível pessoal. Na verdade, vale ressaltar que realizar uma boa ação no dia é uma excelente terapia para potencializar alegria à vida pessoal. Em alguns casos, a moral também está vinculada com a religião, tanto é que as pessoas que têm uma crença religiosa interiorizam uma série de normas em suas vidas. Essas normas determinam um valor de justiça. A moral também está influenciada por aspectos culturais. A realização do bem exige um compromisso firme com o bem. Isto é, realizar o bem também envolve esforço, constância e capacidade de ser mais forte que uma tentação ou uma fragilidade. Se não tivéssemos força para realizar o bem, praticar ações corretas não teria nenhum mérito.

Fonte: Conceitos.com

0 comentários