O Caráter segundo Freud ▶ Oton Rodrigues


  Sigmund Freud (1856-1939) conhecido também como o pai da psicanálise, Freud foi um médico neurologista que nasceu em uma família judaica. Entre os assuntos abordados por Freud em suas obras o caráter não é o principal, mas Freud escreveu sobre caráter, uma primeira aparição da palavra caráter nas obras freudianas esta na sua obra “Estudos sobre a Histeria de 1893” na obra Freud relata que o caráter seria "um conjunto de traços ou características psicológicas pessoais, como, por exemplo, a desobediência, a ambição, a violência, a independência, a irritabilidade etc..."

  Encontramos também em outras obras de Freud as seguintes sentenças sobre caráter “caráter desprezível” e “Deformações de caráter” tudo isto nos leva à pensar que ainda que Freud não tenha focalizado seus estudos no desenvolvimento do caráter humano, ele já tinha uma concepção da importância do caráter na vida do ser humano. O pouco que Freud escreveu sobre caráter já é o suficiente para afirmamos que o pai da psicanálise deu certa atenção ao caráter humano, acredito que essa devida atenção à formação do caráter também deva fazer parte da nossa vida.

Um comentário:

  1. Essa frase “O caráter de um homem é formado pelas pessoas que escolheu para conviver” não é de Freud. Eu procurei em três línguas (inglês, francês e espanhol). Não existe essa citação nesses idiomas, portanto, Freud não mencionou essa frase. Alguém criou, baseando-se em algo parecido que Freud falou, e a lançou nas redes. Aliás, o pensamento nem está correto, porque o caráter de um homem não é só formado pelas pessoas que escolheu para conviver. O caráter de um homem é formado por vários fatores.

    ResponderExcluir